Elevador Doméstico de Baixo Custo: Opções e Preços 

Elevador Opções

Elevador Doméstico de Baixo Custo: Opções e Preços 

Elevador Opções
Sérgio Santos
Sérgio Santos

Editor do Vida Acessível

A oportunidade de ter um elevador doméstico pode não ser para todas as carteiras, mas a verdade é que é um utensílio magnífico, que pode renovar a mobilidade em sua casa, quer seja para pessoas ou carga, já que permite ultrapassar barreiras arquitetónicas, facilitar a vida diária – imagine poder levar as suas compras através de um elevador em vez de subir dois vãos de escadas – e oferecer toda a comodidade a pessoas que possam ter, eventualmente, mobilidade reduzida, não só aproveitando do dispositivo, como vendo este como uma absoluta necessidade. 

Nesse sentido, abordaremos alguns tipos de elevadores domésticos, tanto de pessoas, cargas, ou ambas, bem como o orçamento que pode esperar para cada uma delas. 

Adenda 

Os preços que serão tipificados, em relação aos diversos elevadores domésticos ao dispôr para uso doméstico, representam apenas o valor do modelo em si e, por isso, não contemplam os eventuais custos associados e necessários para equipar a casa: a instalação, construção e manutenção, e depois o próprio consumo energético. Falaremos, no final, do contrato de manutenção, que fará o orçamento aumentar. Estes valores podem criar enormes alterações ao preço do modelo em si, pelo que aconselho a a observar os preços indicados como uma referência, dada por baixo. 

Montacargas para uso doméstico 

Esta modalidade de elevador, apesar de ser usualmente mais usada em espaços de restauração e hotelaria, pode bem ser uma das melhores soluções para a sua casa, se o elevador que pretende é, acima de tudo, para transporte de cargas ao longo dos andares da sua casa. De forma comum, um monta-pratos transfere comida, ou louça suja, entre um e outro andar de um espaço comercial, mas, em sua casa, pode transportar qualquer carga que caiba na cabine e que não ultrapasse, em termos de peso, a sua capacidade máxima, que pode ir desde os 50kg até aos 100kg. 

Este tipo de elevador não requer uma grande quantidade de espaço para ser instalado e, como é construído para restaurantes e espaços hoteleiros diferenciados, oferece diversas características estéticas ao qual pode ser adaptado, para confluir com a ideia de design ideal que pretende para a sua habitação. Assim, não quererá sequer esconder o seu monta-pratos, já que este, se bem escolhido, pode tornar-se uma feature high-end, em oposição a um mero equipamento utilitário. 

De resto, é necessário sublinhar que,  de forma a instalar o monta-pratos, que pode servir até 5 andares, é necessária uma coluna vertical desimpedida na sua casa, que pode rondar os 100cm2 (em princípio será menor, mas pode ascender até essa dimensão). 

Um monta-pratos terá um preço mínimo de 4.500€, que ascenderá necessariamente em virtude das decisões estéticas, da capacidade de carga, e do número de andares que contemple. 

Elevador unipessoal para pessoas e carga 

Se falamos de transporte de carga comum, bem como de indivíduos, o elevador unipessoal configura-se, em larga escala, como a melhor opção para o efeito, já que não só suplementa a sua casa de acordo com as suas necessidades, como pode até exceder o seu propósito, o que pode, no futuro, oferecer resposta a diferentes procuras que ocorrem naturalmente ao longo da vida. No caso de uma pequena lesão, circunstancial, ou incapacidade móvel decorrente da idade, de uma lesão crónica, ou outro problema, o elevador unipessoal permitirá eliminar as barreiras das escadas e oferecer acesso a todas as zonas da casa. 

Para este tipo de elevador, o preço dependerá invariavelmente das estipulações do elevador, como dimensão, capacidade, velocidade, custos de obras para a instalação, etc. Relembro que as dimensões associadas a um elevador totalmente capaz de oferecer mobilidade a alguém em cadeira de rodas, são de 1,2m2, pelo menos usando como referência a estipulação legal. De qualquer forma, os modelos mais simples de um elevador unipessoal podem ser adquiridos por valores a partir dos 9.000 euros. 

Estes elevadores podem ascender até a uma altura de 15 metros, ou seja, valores que são mais que suficientes para a amplitude vertical de praticamente todas as casas existentes em Portugal. 

É, no entanto, uma opção com um valor substancial, pelo que deve ser ponderada cuidadosamente e, já que implica uma coluna vertical com grandes dimensões, preços de instalação eventualmente substanciais, bem como alterações anatómicas da própria casa. Tudo isto fará aumentar o preço. No caso do preço referenciado, estes são os modelos mais baratos e de mais fácil instalação, pelas suas dimensões e capacidade de movimento – o que altera também a necessidade da caixa de máquinas, fosso, e todas as infraestruturas iniciais. 

Elevador para pequenos desníveis 

Um elevador para pequenos desníveis é a terceira opção que lhe ofereço nesta lista, e é essencialmente em vista para uma casa com apenas um andar, ou com pequenas barreiras ou desníveis que dificultem o movimento de carga ou de pessoas.  Com um alcance máximo de 3 metros, e a necessidade de uma parede que a suporte, este tipo de elevador é bastante fácil de usar, e o mais barato da lista em termos de instalação e consumo energético, em consonância com a sua capacidade 

É uma excelente opção se falamos em desníveis dentro da casa, de pequena altura, como pequenas escadas que impedem o movimento de cargas, ou de pessoas com mobilidade reduzida. Estas barreiras são uma característica comum de muitas das casas mais modernas e, apesar de oferecerem uma complementação estilístico à casa, podem criar alguns problemas a longo prazo. 

Por outro lado, podem ser bastante úteis em espaços como garagens e até espaços exteriores. 

Já em relação ao preço de um destes modelos, devemos ter em conta a disparidade do mesmo em termos do mercado, e das suas próprias características, estéticas ou funcionais. O valor mínimo pode ser marcado nos 1.000 euros, no mínimo, quando falamos em modelos mais modestos, e com menos toques estéticos adicionais. Os valores não serão extremamente alterados pela instalação, mas diferentes modelos podem comportar custos bastante diferenciados. 

Consulte um especialista 

Na base de pretensa deste artigo, a ideia é oferecer-lhe um pequeno resumo das modalidades existentes no mercado e que pode obter, consoante as suas necessidades. No entanto, como já referi, falamos apenas de modelos, e brevemente das necessidades da instalação. Assim, apesar de poder usufruir desta informação, o ideal será procurar um especialista na área, idóneo e imparcial, que procure compreender as suas necessidades e procurar, dentro do mercado e das diversas marcas disponíveis em Portugal, o modelo que melhor se adapta às suas necessidades, funcionais e estéticas, ao melhor preço. Relembre-se que este processo comporta valores substanciais, pelo que, quanto mais informação e apoio suportar a decisão, melhor será a sua decisão final. 

Conheça todas as soluções de mobilidade que temos para si

Scroll to Top