Elevadores residenciais: com ou sem poço?

Trabalhadores no poço de um elevador

Elevadores residenciais: com ou sem poço?

Trabalhadores no poço de um elevador
Sérgio Santos
Sérgio Santos

Editor do Vida Acessível

A procura por um elevador residencial pode trazer algumas questões, entre dimensões, velocidade e, claro, a necessidade ou não de um poço, e quais são as vantagens e desvantagens do mesmo.  

Neste artigo, focar-nos-emos justamente no último tópico, e em específico, quais são as vantagens de obter um elevador com ou sem poço para a sua casa, para que possa decidir com toda a informação que necessita nas suas mãos, ou melhor, no seu ecrã. 

Em que é que um elevador residencial me pode melhorar o dia-a-dia? 

Desde o acesso a andares para pessoas com mobilidade reduzida, transporte de compras ou outros objetos que, pelas suas dimensões ou peso, são difíceis de carregar pelas escadas, um elevador residencial pode ser uma vantagem adaptativa para que usufrua de conforto e mobilidade na sua casa.  

O que é um poço para elevador? 

O poço para elevador é, de forma muito simples, um espaço subterrâneo, onde os elevadores que necessitam dessa modalidade assentam, para que a porta fique ao nível do solo. 

Para cada elevador, existem normas de segurança que se aplicam, e com as suas razões. No entanto, em termos convencionais, o poço, na maioria dos casos, requere 1,2 metros de profundidade. 

Este valor, claro, é adaptável, podendo chegar até aos valores mínimos de 45 centímetros, mas isso implica que se façam extensos estudos de viabilidade e com compensações a nível de segurança, que permitam que o valor seja reduzido em mais de metade. 

Este poço é necessário para que o chassis do elevador, o que o suporta e alimenta a sua mobilidade, possa operar com todo o espaço necessário. 

Elevadores sem poço 

Um elevador sem poço, ou com um poço extremamente reduzido, tem a vantagem de ser bastante mais fácil de instalar, por variados motivos: os requisitos legais para a instalação e construção, a título de exemplo, são muito menores do que a sua contraparte, o que por sua vez torna a sua instalação mais barata, uma distorção menor da disposição da sua casa, e a menor ocupação de espaço. 

Assim, a poupança é em duplicado: os próprios elevadores sem poço são mais baratos e, associando isso ao menor custo de instalação, é um modelo genericamente mais acessível e aplicável para a sua casa. 

Um elemento com que o elevador sem poço se torna mais barato em termos de construção é de que este, normalmente unifamiliar, precisa de apenas entre 2,3m a 2,5m na zona superior da sua vivenda (dependendo se pretende ou não que o seu modelo tenha portas automáticas) que, por defeito, devido à forma como as vivendas são construídas, e as normas associadas à construção, permite que a instalação não afete o seu telhado.  

Os elevadores para vivenda particulares, sem poço, permitem-lhe usufruir de uma divisão de cabine maior, ocupando apenas 70cm3. 

Os elevadores sem poço, apesar do nome, podem significar que haja, apesar de um nome, um pequeno fosso, entre 10 a 25 centímetros, mas que de qualquer forma não é substancial no que se refere ao projeto e custo de construção. Estes são os que funcionam com chassis, daí esta necessidade.  

No caso dos elevadores unifamiliares pneumáticos, este foço não é necessário: no entanto, é preciso salvaguardar que, para poupar em termos de construção, a velocidade do elevador será menor do que aquela que um elevador com poço propõe.  

Elevadores com poço 

Mais caro, especialmente devido às necessidades de adaptação da sua vivenda, um mínimo de 3,6m na zona superior da casa é algo que deve ter em conta quando escolher um elevador sem poço.  

Este fator obriga, automaticamente, na maioria das vivendas, que haja obras para aumentar o telhado de forma a que a cabine do elevador tenha o espaço estipulado para se fixar. 

Além disso, aumenta necessariamente os custos também no andar mais baixo da sua casa, de forma a construir o poço onde assentará o elevador. 

Como elemento redentor, a velocidade, por meio da potência: por ser movido à base de um chassis, o elevador movimentar-se-á mais rápido. 

Quais os prós e contras de cada modalidade de elevador? 

Sem Poço 

Os elevadores sem poço oferecem, no geral, uma velocidade menor. Afinal, o poço serve como forma de sustentação hidráulica para o elevador. Assim, em elevador sem poço apresentará, sempre, menor velocidade do que a sua contra-parte. 

Por outro lado, a necessidade de obras é bastante menor, pelo que deve olhar para o seu orçamento, e as suas necessidades, e ver se a menor velocidade compensa o menor investimento que eventualmente tenha de fazer para instalar o elevador 

Com poço 

Os elevadores com poço, dependendo sempre do modelo, movem-se a maior velocidade. Podem, além disso, transportar mais carga, mas esse fator dependerá sempre do modelo que escolher: quer isto dizer que o poço não oferece garantia de funcionalidade, mas o modelo em si. Todavia, om poço, no geral, pode contar com mais velocidade e carga.  

No entanto, os valores associados às obras necessárias para equipar a sua casa com condições para instalar um modelo com poço podem pesar mais que o incremento de velocidade. 

No momento da escolha…. 

Além desta informação disposta acima, que deve ter obviamente em conta, de forma a encontrar o modelo adequado ao seu caso necessitará de pesquisar sobre os mesmos, as facilidades de uso – como portas automáticas, ou o espaço útil da cabine, etc – que se adequam ao seu estilo de vida ou ao uso que pretende dar ao seu elevador. Neste artigo, sublinhamos que os elevadores unifamiliares sem poço são claramente a escolha mais em conta, mas tal não significa que seja o mais adequado a si. Tudo depende do que necessita, e de uma abordagem com um especialista que lhe forneça todos os importantes detalhes no que é um grande investimento na sua casa.  

Conheça todas as soluções de mobilidade que temos para si

Scroll to Top